Dicas de batera #4: os acentos

A dica da semana do baterista Arthur Teles é sobre acentos. Falar de acentuação, é falar sobre intenção rítmica. Cada acento gera uma intenção diferente para a frase, levada ou solo. Confira o vídeo e os exercícios propostos.

Falar de acentuação, é falar sobre intenção rítmica. Cada acento gera uma intenção diferente para a frase, levada ou solo. Pensando em ritmos, diversos estilos musicais, como o baião o samba, maracatu e o frevo, tem características em comum, todos são baseados na subdivisão de semicolcheias, por exemplo. Mas, se todos esses ritmos são baseados em semicolcheias, por qual motivo o estudo deles é muito diferente?

Cada um dos ritmos citados acima, tem intenções rítmicas diferenciadas, possui códigos específicos, com acentos característicos. Ou seja, a acentuação que caracteriza os instrumentos de percussão com suas respectivas levadas, são de extrema importância para o ritmo musical em questão. Estudar e dominar os acentos é fundamental para ter um som legal em seu instrumento. Apesar de parecer básico, o exercício proposto vai te ajudar a dominar os acentos, de forma que melhore o seu som no instrumento.

Pratique o material de estudo em andamento lento, de forma que os toques que não estão acentuados, fiquem na medida de 3 dedos de distância da pele da caixa, enquanto os acentos trabalhem na posição totalmente esticada do seu pulso, tendo assim um toque com intensidade maior. Posteriormente, pratique em andamentos médios, cerca de 90 bpm, utilizando a mesma movimentação e colocando o bumbo junto com cada acento das mãos. Por fim pratique com o mesmo intuito em andamento rápido, acima de 120 bpm.

Acentuação - Dicas de bateria online

Depois que estiver seguro, usando apenas um acento por tempo, comece a criar combinações com os acentos na semicolcheia, criando sequências de dois acentos por tempo, ex: primeira e segunda semicolcheia, segunda e terceira semicolcheia, terceira e quarta semicolcheia, quarta e primeira semicolcheia. Depois crie acentos com três notas para cada tempo, ex: primeira, segunda e terceira semicolcheia. Segunda, terceira e quarta semicolcheia. Terceira, quarta e primeira semicolcheia. Quarta, primeira e segunda semicolcheia.

A partir desse estudo, comece a comparar os acentos de levadas de diversos ritmos brasileiros, com os exercícios de acentos que você vai praticar. Assim, você consegue identificar quais são os acentos característicos de cada ritmo e passa a usar a sua criatividade para criar solos que vão surgir desse tipo de estudo.

Acentuação - Dicas de bateria online

Mantenha sempre o pé esquerdo marcando todos os tempos em semínima para todos as práticas relacionadas a este estudo.

Diferentes formas de praticar:

  1. Coloque o bumbo junto com cada acentuação;
  2. Distribua os acentos, a mão direita para o surdo e mão esquerda para o tom. Mantenha as notas sem acentos a três dedos da pele na caixa;
  3. Distribua os acentos para os pratos da bateria, coloque o bumbo junto para cada acento da mão direita e esquerda;
  4. Coloque um ostinato nos pés e distribua os acentos para os tambores como é o proposto no número 1.

Aproveite o material e bons estudos!

Mestrando em Performance Musical pelo Programa de Pós Graduação em música da UFRJ. Pós-graduado em "Artes na Educação" pelo CESAP, Licenciado em Música pela UFES e formado pelo Curso de Formação Musical com ênfase em música Popular pela FAMES (2013). Atua como baterista e Percussionista profissional e como professor.

Deixe uma resposta