Dica de batera #9: diferentes conduções

A dica da semana do baterista Arthur Teles é sobre um dos principais temas de bateristas de samba ou jazz da atualidade: a condução de uma levada. Confira o vídeo e os exercícios propostos.

Um dos principais temas de bateristas de samba ou jazz da atualidade é sobre a condução de uma levada, ter a liberdade de criar uma condução bem elaborada é um desafio. Uma alternativa que responde de maneira satisfatória o estudo de condução é separar os movimentos, tendo um controle de toques baixos e acentos.

No vídeo, a ideia é apresentar os acentos da condução sempre através do movimento de dedos e as notas bases da condução, ou seja, as notas sem acentos, ficam como um toque de pulso. Assim, fica mais fácil controlar os toques baixos e destacar os acentos na condução para quando for necessário.

O primeiro passo desse estudo é entender de fato como o movimento acontece, repare nos mínimos detalhes da pinça, que se trata de algo muito importante para que tenha resultados satisfatórios no seu estudo.

O primeiro estudo é entender a movimentação e conseguir aplicar os acentos em diversas possibilidades de semicolcheia. Nesse primeiro estudo o objetivo é estudar o deslocamento dos acentos na condução em semicolcheia, observe:

Acentos na condução da bateria

Vamos começar praticando sobre diferentes ostinatos de condução na mão direita e posteriormente na mão esquerda, é importante que pratique utilizando a movimentação citada acima. O primeiro exemplo é uma levada do tamborim no samba:

levada de tamborim

Vamos utilizar essa levada de tamborim e aplicar um ostinato de samba jazz nos pés, enquanto a caixa faz o seu desenho a partir dos acentos da condução.

levada de tamborim no samba

Pratique com a condução na mão direita e posteriormente com a mão esquerda na condução. Podemos aplicar esse estudo de condução em diferentes estilos musicais, a seguir, temos um exemplo de condução para uma levada de música pop, é importante praticar essa condução em diferentes levadas de pop que você conheça, sempre mantendo a mesma movimentação de dedos para acentos e pulso para notas de menor intensidade.

levada de pop na bateria - video

Outro estilo musical que também trabalha com uma habilidade de condução mais rápida, é o baião. Temos a seguir, um exemplo de ostinato de pés e condução de baião com acento na terceira semicolcheia, pratique usando a mesma movimentação para a execução dos acentos na condução.

Levadas e condução de baião na bateria

É importante que você mantenha todos os acentos com toques que utilize o movimento dos dedos, para notas de menor intensidade utilize o movimento do pulso em todos os estudos propostos acima. Pratique sempre com a mão direita na condução e depois inverta, colocando a mão esquerda para a condução.

Diferentes formas de praticar

  1. Pratique a condução em andamentos lentos e certique que os acentos estejam sendo executados com a movimentação proposta;
  2. Misture as conduções para pop, baião com os ostinatos de samba jazz, fazendo estudos que transitem entre uma condução a outra de maneira variada;
  3. Inverta as mãos de modo que a mão esquerda faça o ostinato no prato e a mão direita fique na caixa ou tambores;
  4. Pratique sempre com o metrônomo;
  5. Para aumentar o seu vocabulário de conduções diferenciadas, escute bateristas que você goste e tente “tirar de ouvido” pequenos trechos de alguma música, aplique as variações sobre diferentes ritmos sempre.

Aproveite o material e bons estudos!

Mestrando em Performance Musical pelo Programa de Pós Graduação em música da UFRJ. Pós-graduado em "Artes na Educação" pelo CESAP, Licenciado em Música pela UFES e formado pelo Curso de Formação Musical com ênfase em música Popular pela FAMES (2013). Atua como baterista e Percussionista profissional e como professor.

Deixe uma resposta