Diferença entre Tônica e Fundamental

Diferença entre Tônica e Fundamental

Nesse artigo falamos da diferença entre Tônica e Fundamental, algo que, às vezes, no estudo da harmonia, pode gerar dúvidas.

Nesse post quero responder a uma pergunta recorrente que os alunos do Curso de Harmonia Aplicada à Música Popular me fazem: qual é a diferença entre Tônica e Fundamental.

Na harmonia tonal existem dois centros de gravidade que correspondem às duas dinâmicas que chamamos de perspectiva vertical e perspectiva tonal. Tônicafundamental são esses dois centros de gravidade.

Vejamos:

A fundamental está na base do que chamamos de dinâmica vertical, representando a raiz do acorde, seu primeiro grau.

Vamos considerar o acorde como unidade – e não em relação à tonalidade ou a outros acordes. Cada acorde está organizado a partir da sua fundamental, que é o seu primeiro grau.

Tônica e fundamental

A tônica está na base da dinâmica tonal. Sua função organizativa se refere a um conjunto de acordes. As relações dos acordes com a tônica são simbolizadas pela cifragem dos graus. Usando os algarismos romanos, indicamos as relações dos acordes com a tônica, que representa o centro em volta do qual se organizam todos os demais.

Observe a representação a seguir:

Tônica e fundamental

A Tônica, portanto, precisa de uma dimensão mais ampla para acontecer, sendo o primeiro grau de uma tonalidade. Ela se constitui, como dissemos acima, como centro de gravidade na relação com outros acordes.

A Fundamental não precisa nada mais que de um único acorde. Ela é o seu primeiro grau.

Assim, o primeiro grau de cada acorde é chamado fundamental. O acorde I de uma tonalidade é chamado “acorde de tônica”.

Pianista, compositor, atua como professor e palestrante em instituições, festivais de música pelo Brasil e cursos de pós-graduação. Turi é Coordenador Pedagógico do Terra da Música e professor de alguns cursos online. É autor de métodos em livros e DVD. Em 2012, seu CD autoral “Interferências” foi publicado no Japão. Seu segundo CD faz uma releitura moderna de algumas composições do sambista Noel Rosa.

Deixe uma resposta